12 de setembro de 2013

JESUS: SACERDOTE, PROFETA E REI

Na vida de Jesus teve-se que se cumprir 3 ministérios em Israel para Ele poder ser reconhecido como Messias de acordo com as profecias bíblicas.
O Messias é aquele que em sua vida fosse profeta, sacerdote e rei. Alguns homens chegaram a ter 2 dos 3 ministério, como Samuel que foi profeta e sacerdote, Saul que foi rei e profeta e Davi que foi rei e sacerdote. Porém, somente Jesus reuniu os 3 ministério em Israel.
Vamos falar primeiramente do sacerdócio de Cristo:
“O Senhor jurou e não se arrependerá: Tu és sacerdote para sempre, segundo a ordem de Melquisedeque.” (Salmos 110:4)
Melquisedeque foi o único sacerdote antes de Jesus que não foi da tribo de Levi, e ele era sacerdote e rei.
“Melquisedeque, rei de Salém, trouxe pão e vinho; era sacerdote do Deus Altíssimo.” (Gênesis 14:18)
Lendo o capítulo 7 do livro de Hebreus, entendemos bem isso, mas quero destacar os versículos 26, 27 e 28:
“Com efeito, nos convinha um sumo sacerdote como este, santo, inculpável, sem mácula, separado dos pecadores e feito mais alto do que os céus, que não tem necessidade, como os sumos sacerdotes, de oferecer todos os dias sacrifícios, primeiro, pelos seus próprios pecados, depois, pelo do povo, porque fez isto uma vez por toda, quando a si mesmo se ofereceu. Porque a lei constituiu sumos sacerdotes a homens sujeitos à fraqueza, mas palavra do juramento, que foi posterior, constitui o Filho, perfeito para sempre.”
Além de tudo que já lemos sobre as profecias sobre Jesus e cumprimento delas no sacerdócio do mesmo, até porque Ele ofereceu-se como sacrifício, uma prova a mais é que o sumo sacerdócio é transferido de um para outro quando um morre ou rasga suas vestes sacerdotais na frente de seu sucessor. E isso aconteceu com Jesus, vejamos:
“Levantando-se o sumo sacerdote, no meio, perguntou a Jesus: nada respondes ao que depõem contra ti? Ele, porém, guardou o silêncio e nada respondeu. Tornou a interrogá-lo o sumo sacerdote e lhe disse: É tu o Cristo. O Filho do Deus Bendito? Jesus respondeu: Eu sou, e vereis o Filho do Homem assentado à direita do Todo-Poderoso vindo com as nuvens do céu. Então, o sumo sacerdote rasgou suas vestes e disse: Que mais necessidade temos de testemunhas?” (Marcos 14: 60 a 63)
O sumo sacerdote Caifás, pode ter rasgado suas vestes em revolta por acreditar que Jesus fosse um farsante e estivesse blasfemando, porém o que interessa segundo a Lei, é que ele rasgou bem a frente de Jesus.  
Para ficar ainda mais claro, vamos ler mais este texto:
“Tendo, pois, irmãos, intrepidez para entrar no Santo dos Santos, pelo sangue de Jesus, pelo novo e vivo caminho que Ele nos consagrou pelo véu, isto é, pela sua carne, e tendo grande sacerdote sobre a casa de Deus.” (Hebreus 10: 19 ao 21)
Agora vamos falar sobre o ministério de Jesus como profeta:
Jesus teve seu ministério profético, pois veio revelar o evangelho, o que até aquele momento estava oculto aos homens.
Jesus também profetizou sua morte, sua ressurreição, sua ascensão aos céus, e sua volta.
E, entrando ele em Jerusalém, toda a cidade se alvoroçou, dizendo: Quem é este?
E a multidão dizia: Este é Jesus, o profeta de Nazaré da Galiléia.” (Mateus 21: 10 e 11)
Então muitos da multidão, ouvindo esta palavra, diziam: Verdadeiramente este é o Profeta.
Outros diziam: Este é o Cristo; mas diziam outros: Vem, pois, o Cristo da Galiléia?
Não diz a Escritura que o Cristo vem da descendência de Davi, e de Belém, da aldeia de onde era Davi?” (
João 7:40 ao 42)
“E, partindo dali, chegou à sua pátria, e os seus discípulos o seguiram.
E, chegando o sábado, começou a ensinar na sinagoga; e muitos, ouvindo-o, se admiravam, dizendo: De onde lhe vêm estas coisas? e que sabedoria é esta que lhe foi dada? e como se fazem tais maravilhas por suas mãos?
Não é este o carpinteiro, filho de Maria, e irmão de Tiago, e de José, e de Judas e de Simão? e não estão aqui conosco suas irmãs? E escandalizavam-se nele.
E Jesus lhes dizia: Não há profeta sem honra senão na sua pátria, entre os seus parentes, e na sua casa.” (
Marcos 6:1-4)
Como vemos, Jesus foi reconhecidamente profeta, e isso é reafirmado pelo fato de o que Ele profetizou aconteceu, exemplo foi a assolação da guerra que caiu sobre Jerusalém e destruição do templo no ano de 70 d.C.

E, quando ia chegando, vendo a cidade, chorou sobre ela,
Dizendo: Ah! se tu conhecesses também, ao menos neste teu dia, o que à tua paz pertence! Mas agora isto está encoberto aos teus olhos.
Porque dias virão sobre ti, em que os teus inimigos te cercarão de trincheiras, e te sitiarão, e te estreitarão de todos os lados;
E te derrubarão, a ti e aos teus filhos que dentro de ti estiverem, e não deixarão em ti pedra sobre pedra, pois que não conheceste o tempo da tua visitação.” (
Lucas 19:41 ao 44
)
Vamos falar agora do ministério com Rei:
Jesus é o messias prometido, aquele que vem da linhagem de Davi, como podemos ver em Mateus 1: 1 ao 17.
Veja o que Deus disse para Davi pela boca do profeta Natã:
Porém a tua casa e o teu reino serão firmados para sempre diante de ti; teu trono será firme para sempre.(2º Samuel 7:16)
O que se encaixa com o que foi proferido por Jacó ao seu filho Judá, isso sabendo que Jesus é descendente da tribo de Judá:
Judá, a ti te louvarão os teus irmãos; a tua mão será sobre o pescoço de teus inimigos; os filhos de teu pai a ti se inclinarão.
Judá é um leãozinho, da presa subiste, filho meu; encurva-se, e deita-se como um leão, e como um leão velho; quem o despertará?
O cetro não se arredará de Judá, nem o legislador dentre seus pés, até que venha Siló; e a ele se congregarão os povos.” (Gênesis 49:8 ao 10)
Reparou que na passagem acima, fala de cetro? Cetro, representa poder, autoridade e majestade.
E eu chorava muito, porque ninguém fora achado digno de abrir o livro, nem de o ler, nem de olhar para ele.
E disse-me um dos anciãos: Não chores; eis aqui o Leão da tribo de Judá, a raiz de Davi, que venceu, para abrir o livro e desatar os seus sete selos.” (Apocalipse 5:4 e 6)
Vejamos agora a profecia do profetas Zacarias:
Alegra-te muito, ó filha de Sião; exulta, ó filha de Jerusalém; eis que o teu rei virá a ti, justo e Salvador, pobre, e montado sobre um jumento, e sobre um jumentinho, filho de jumenta.(Zacarias 9:9)
Que mais tarde se cumpriu:
Ora, tudo isto aconteceu para que se cumprisse o que foi dito pelo profeta, que diz:
Dizei à filha de Sião: Eis que o teu Rei aí te vem,Manso, e assentado sobre uma jumenta,E sobre um jumentinho, filho de animal de carga.
E, indo os discípulos, e fazendo como Jesus lhes ordenara,
Trouxeram a jumenta e o jumentinho, e sobre eles puseram as suas vestes, e fizeram-no assentar em cima.
E muitíssima gente estendia as suas vestes pelo caminho, e outros cortavam ramos de árvores, e os espalhavam pelo caminho.
E a multidão que ia adiante, e a que seguia, clamava, dizendo: Hosana ao Filho de Davi; bendito o que vem em nome do Senhor. Hosana nas alturas!” (Mateus 21:4 ao 9)
“Mando-te diante de Deus, que todas as coisas vivifica, e de Cristo Jesus, que diante de Pôncio Pilatos deu o testemunho de boa confissão,
Que guardes este mandamento sem mácula e repreensão, até à aparição de nosso Senhor Jesus Cristo;
A qual a seu tempo mostrará o bem-aventurado, e único poderoso Senhor, Rei dos reis e Senhor dos senhores.” (1ª Timóteo 6:13 ao 15)
Veremos agora outros textos que tratam Jesus como Rei:
Por que se amotinam os gentios, e os povos imaginam coisas vàs?
Os reis da terra se levantam e os governos consultam juntamente contra o Senhor e contra o seu ungido, dizendo:
Rompamos as suas ataduras, e sacudamos de nós as suas cordas.
Aquele que habita nos céus se rirá; o Senhor zombará deles.
Então lhes falará na sua ira, e no seu furor os turbará.
Eu, porém, ungi o meu Rei sobre o meu santo monte de Sião.” (Salmos 2:1 ao 6)
Repararam que as palavras ungido e rei estão com letras maiúsculas? Isso se dar porque está se falando de Jesus.
E, tendo nascido Jesus em Belém de Judéia, no tempo do rei Herodes, eis que uns magos vieram do oriente a Jerusalém,
Dizendo: Onde está aquele que é nascido rei dos judeus? porque vimos a sua estrela no oriente, e viemos a adorá-lo.
E o rei Herodes, ouvindo isto, perturbou-se, e toda Jerusalém com ele.
E, congregados todos os príncipes dos sacerdotes, e os escribas do povo, perguntou-lhes onde havia de nascer o Cristo.
E eles lhe disseram: Em Belém de Judéia; porque assim está escrito pelo profeta:
E tu, Belém, terra de Judá,De modo nenhum és a menor entre as capitais de Judá;porque de ti sairá o Guia que há de apascentar o meu povo Israel.” (Mateus 2:1 ao-6)
Somos sabedores que Jesus só será reconhecido como rei e sentará no trono na Sua segunda vinda a Terra, e ai então Ele regerá as nações. 

Escrito por Luis Roldan, líder do ministério avivados por Cristo.

Um comentário:

  1. Realmente muito sublime tudo isso que aconteceu com Jesus, tudo ficou bem claro. Nenhuma duvida tivemos nesse sentido, embora sabemos que alguns dizem que Jesus foi apenas Profeta. Não aceite Jesus como o único salvador e Deus. Para eles o filho de Deus ainda virá.

    ResponderExcluir