10 de julho de 2016

DIFERENÇA ENTRE PROFETA DO VELHO E NOVO TESTAMENTO E DOM DE PROFECIA

Existe muita diferença, muita confusão e falta de informação sobre ministério profético do velho testamento, ministério profético do novo testamento e pessoas com dom de profecia.
O profeta do velho testamento era alguém que naturalmente não tinha Bíblia, pois o cânon bíblico ainda não tinha sido fechado, a bíblia estava sendo formada. Este tipo de profeta era alguém que recebia uma capacitação divina para profetizar, ou seja, recebia uma mensagem de Deus, muitas das vezes mensagem quem buscava fazer o povo se arrepender de seus pecados e voltar a servir ao Senhor com integridade. Muitas das mensagens que estes profetas receberam eram canônicas, faziam parte de escritos que iriam compor a Bíblia sagrada.  Este tipo de ministério profético vigorou até João Batista, o que é confirmado em Mateus 11:13.
Já o ministério profético do novo testamento é totalmente diferente, pois ele é formado, gerado, feito por Jesus, após a Sua ressurreição. 

"E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores,
Querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo." (Efésios 4:11,12)  
Lendo o texto acima podemos perceber que Ele deu uns para certos ministérios. Ele quem? Jesus!
Jesus vai separar pessoas para ministérios, Ele só faz isso após ressuscitar, pois já ressuscitado que Ele envia os discípulos a irem continuar a evangelização dos povos, tornando-os apóstolos, já que apóstolo significa enviado. Depois disso que vão surgindo mediante a vontade de Deus os profetas, evangelistas, mestres e os profetas. No caso, os profetas do novo testamento. 
Esse tipo de profeta era alguém que pregava o evangelho, mas de forma diferente do evangelista, pois o evangelista tinha uma mensagem voltada a atrair as pessoas mediante a palavra em cima da obra de salvação de Jesus na cruz. Exemplo disso foi Filipe pregando ao eunuco em Atos 8: 27 ao 38. O profeta ele tem uma mensagem de dizer as conseqüências boas e ruins ao seguir sendo fiel Jesus ou não seguir sendo fiel a Jesus, e EVENTUALMENTE é usado por Deus em profecia, sim, o dom de profecia. 
Um exemplo de profeta do novo testamento eram as filhas do evangelista Filipe, as quais eram profetizas, sendo Ágabo um exemplo ainda mais claro do profeta neo-testamentário. 
Vejamos o que a Bíblia diz:
"E no dia seguinte, partindo dali Paulo, e nós que com ele estávamos, chegamos a Cesaréia; e, entrando em casa de Filipe, o evangelista, que era um dos sete, ficamos com ele.
E tinha este quatro filhas virgens, que profetizavam.
E, demorando-nos ali por muitos dias, chegou da Judéia um profeta, por nome Ágabo;
E, vindo ter conosco, tomou a cinta de Paulo, e ligando-se os seus próprios pés e mãos, disse: Isto diz o Espírito Santo: Assim ligarão os judeus em Jerusalém o homem de quem é esta cinta, e o entregarão nas mãos dos gentios.
E, ouvindo nós isto, rogamos-lhe, tanto nós como os que eram daquele lugar, que não subisse a Jerusalém.
Mas Paulo respondeu: Que fazeis vós, chorando e magoando-me o coração? Porque eu estou pronto não só a ser ligado, mas ainda a morrer em Jerusalém pelo nome do Senhor Jesus.
E, como não podíamos convencê-lo, nos aquietamos, dizendo: Faça-se a vontade do Senhor." (Atos 21:8 ao 14)
 Ágabo vai com agora profetizar sobre Paulo ser presso em uma das suas viagens missionárias, isso como parte da perseguição aos cristãos. O que faz parte da vida cristã, somos perseguidos seja pela mídia, grupos religiosos, governos, culturas e etc.
Ágabo pregava sobre a fidelidade a Deus e suas conseqüências, como salvação, proteção divina, e até mesmo sobre tribulações. Claro que entendo que esse homem também falava sobre quem não era fiel a Deus, podendo eles estarem fora das bençãos de Deus e até serem condenados ao inferno. 
Já a pessoa que tem o dom de profecia, ela não é profeta, apenas tem o dom, e é usada quando Deus quer usá-la, nem por isso pode ser chamada de profeta assim como a pessoa que tem dom de cura não é chamada de curandeiro. 
Raramente vamos vê Deus em Sua Palavra separar as coisas por seção, mas em questão de ministérios, dons espirituais e fruto do Espírito, Ele fez assim. Mas quero focar nos ministérios e dons, já que é nosso assunto aqui.
Em efésios 4:11 está a seção de ministérios, já em 1ª Coríntios 12: 4 ao 12, logo são coisas distintas. O profeta do novo testamento é um pregador da palavra, essas palavras não tem valor canônico, já que os livros do novo testamento nenhum foi escrito por um profeta, mas sim pelos apóstolos e outros discípulos de Jesus, mas não por ninguém que tinha ministério profético. Os profetas atuais seguem este padrão, pois são de acordo com o ministério do novo testamento, onde muitas das vezes exorta o povo, lembrando que exortar é incentivar; dar estímulos; aconselhar; fazer com que alguém pense ou se comporte de determinada maneira, no caso de acordo com os preceitos bíblicos. E essa pessoa além de exortar, também era usado algumas vezes em dom de profecia.
Já quem tem o dom de profecia é usado por Deus para exortar, edificar e consolar as pessoas por meio de profecia (1ª Coríntios 14:3), não estando necessariamente sendo eles pregadores da Palavra, apenas a profecia tem que está de acordo com a doutrina bíblica. 

Escrito pelo pastor Luis Roldan.

Nenhum comentário:

Postar um comentário