7 de outubro de 2013

A RELAÇÃO ENTRE FRUTO DO ESPÍRITO E DONS ESPIRITUAIS

Primeiro vamos saber o que são os dois.
Mas o fruto do Espírito é: amor, gozo, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fé, mansidão, domínio próprio.” (Gálatas 5:22)

“Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo.
E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo.
E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos.
Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um, para o que for útil.
Porque a um pelo Espírito é dada a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência;
E a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar;
E a outro a operação de maravilhas; e a outro a profecia; e a outro o dom de discernir os espíritos; e a outro a variedade de línguas; e a outro a interpretação das línguas.
Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer.” (1ª Coríntios 12: 4 ao 11)

Ambos vêm do Espírito Santo, o fruto do Espírito começa a agir em nós a partir de nossa conversão a Cristo, e vamos vivenciando uma vida nas ações do fruto do Espírito a partir de quanto mais deixamos o Espírito Santo nos moldar e nos conduzir.
Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito.” (Gálatas 5:25)

Os dons espirituais também vêm do Espírito Santo, recebemos os dons conforme o Espírito Santo nos der, eles são evidências do batismo no Espírito Santo.
Implicações e funções do fruto do Espírito e dos dons espirituais.

Para que servem?
O fruto do Espírito serve para edificação da própria pessoa no caminho de Cristo, criando nela mais fé em Cristo, ter alegria na vida, viver em amor e paz com outras pessoas, além de melhorar o caráter da pessoa em ser fiel a Deus e as pessoas, ser longânimo em ira-se e domínio próprio contra as tentações.
Os dons espirituais são para edificação da igreja (pessoas que servem a Cristo) Assim também vós, como desejais dons espirituais, procurai abundar neles, para edificação da igreja.” (1º Coríntios 14:12), podendo representar um sinal da manifestação de Deus até mesmo daqueles que não seguem a Cristo. De sorte que as línguas são um sinal, não para os fiéis, mas para os infiéis; e a profecia não é sinal para os infiéis, mas para os fiéis.” (1ª Coríntios 14:22)
Dos nove dons espirituais, seis são para edificação da igreja e três para edificação da própria pessoa que possui o dom, sendo estes três, o dom de fé, discernimento de espíritos e o dom de línguas estranhas. Exemplo: (Porque o que fala em língua desconhecida não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, e em espírito fala mistérios” (1ª Coríntios 14:2). Os outros sete são para edificação da igreja, um exemplo é dado neste texto:
“O que fala em língua desconhecida edifica-se a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja.” (1ª Coríntios 14:4) Todo dom espiritual tem seu proveito e despreza-los se torna um erro tremendo, pois é vindo de Deus Espírito Santo para nós, e se Ele nos dar, é porque são importantes e para serem aceitos.

Conduzem a salvação?
Nenhum dos dois conduz a salvação, pois ela vem através da fé em Jesus Cristo, mas sem o fruto do Espírito não viveremos como genuínos cristãos e acabaremos perdendo a salvação. Pois se não praticamos o fruto do Espírito, automaticamente praticamos as obras da carne que nos levam a nos afastarmos de Deus e sairmos de Seu caminho.
Já os dons espirituais podem ajudar a outras pessoas a seguirem e/ou continuarem no caminho de Cristo. Exemplos são os dons de cura, profecia, palavra de sabedoria, palavra da ciência, operação de maravilhas e interpretação de línguas.

Contrastes entre fruto do Espírito e dons espirituais:
  • ·    O fruto vem de dentro para fora, nasce dentro de você e é exteriorizado nas suas práticas de vida, já os dons vem fora pra dentro, pois vem sobre você e habita dentro de ti para ser usado na hora que o Espírito Santo ti levar a usa-lo.
  • ·    O fruto pode influenciar a manutenção da própria salvação, mas os dons não.
  • ·    O fruto evidência a pessoa como seguidor de Cristo. Os dons não já que você pode ter os dons, mas pode a partir de certo momento começado a viver sem o fruto do Espírito.


Conclusão: Os dois são importantes, o fruto do Espírito é importante para sua vida e para dar bom testemunho de um verdadeiro seguidor de Jesus, já os dons espirituais são formas de você se ligar com Deus de tal forma a ser usado por Ele para ajudar outras pessoas com os seus dons, através do poder de Deus, com qual Ele ti usa naquele momento. Busque cada vez viver o fruto do Espírito na sua vida e também busque os dons espirituais.  

Escrito pelo pastor Luis Roldan.

3 comentários: