16 de agosto de 2013

CONHECENDO A PESSOA DO ESPÍRITO SANTO

Vamos falar do Espírito Santo, aquele que muitas das vezes é negligenciado pelas pessoas, e pasmem, é negligenciado até mesmo nas igrejas.
Muitas pessoas não tem uma compreensão de quem é o Espírito Santo, reparem que eu disse de quem é e não do que é, pois Ele não é a força ativa de Deus, como as testemunhas de Jeová dizem, Ele não é simplesmente um poder, Ele é Deus, é a terceira pessoa da trindade, tão importante quanto às outras duas pessoas, o Pai e o Filho. 
O Espírito Santo é o mais sentimental, mas também o mais severo entre a trindade, pois ao contrário do que muitos imaginam, e veem o Espírito Santo como uma pomba, Ele apenas se manifestou assim uma vez, porém foi só um simbolismo, assim como é o azeite, o fogo, o vento e água, porém são somente simbolismos.
Quantas vezes vemos no antigo testamento que muitas pessoas mentiram pra Deus e Ele foi longânimo? Assim como Jesus quando Judas o traiu e mesmo assim Ele ainda o chamou de amigo, porém quando vemos no livro de Atos que Ananias e Safira mentiram pro Espírito Santo, e morreram.
“Mas um certo homem chamado Ananias, com Safira, sua mulher, vendeu uma propriedade,
E reteve parte do preço, sabendo-o também sua mulher; e, levando uma parte, a depositou aos pés dos apóstolos.
Disse então Pedro: Ananias, por que encheu Satanás o teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo, e retivesses parte do preço da herdade?
Guardando-a não ficava para ti? E, vendida, não estava em teu poder? Por que formaste este desígnio em teu coração? Não mentiste aos homens, mas a Deus.
E Ananias, ouvindo estas palavras, caiu e expirou. E um grande temor veio sobre todos os que isto ouviram.
E, levantando-se os moços, cobriram o morto e, transportando-o para fora, o sepultaram.
E, passando um espaço quase de três horas, entrou também sua mulher, não sabendo o que havia acontecido.
E disse-lhe Pedro: Dize-me, vendestes por tanto aquela herdade? E ela disse: Sim, por tanto.
Então Pedro lhe disse: Por que é que entre vós vos concertastes para tentar o Espírito do Senhor? Eis aí à porta os pés dos que sepultaram o teu marido, e também te levarão a ti.
E logo caiu aos seus pés, e expirou. E, entrando os moços, acharam-na morta, e a sepultaram junto de seu marido.
E houve um grande temor em toda a igreja, e em todos os que ouviram estas coisas.” (Atos 5:1 ao 11)


Ananias e sua esposa Safira tinham afirmado que venderiam uma propriedade e que doariam todo o valor da venda, porém resolveram mentir sobre o valor da venda para assim não doarem tudo. O problema não estava na quantia, mas sim na mentira, pois eles chegaram de frente com os apóstolos e ali mentiram sobre o valor, crendo que o Espírito Santo não fosse revelar a verdade aos apóstolos, no caso, foi revelado a Pedro, o casal, achou que o Espírito Santo fosse aceitar a mentira deles.
Isso nos ensina que o que tratarmos com Deus, temos que fazer, principalmente se for para obra Dele.
“Maldito o homem que fizer a obra do Senhor relaxadamente!...” (Jeremias 48:10)

O Espírito Santo nos trata com muita seriedade, e quer que O tratemos da mesma forma, Ele nos dar muito valor e quer receber o valor que Ele merece como Deus, Ele faz jus ao Seu nome, Ele é Santo, e quer que sejamos santos também.
Como já disse, o Espírito Santo é o mais sentimental dos três, é aquele que corre mais risco de ficar entristecido conosco.
“E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção.” (Efésios 4:30). 
Muitas vezes o Espírito Santo foi entristecido ao longo do tempo, foi Ele que “cortou a fita inaugural” da igreja lá em Atos capítulo 2, e partir disso, Ele é a pessoa da trindade que mora na Terra. Foi Ele que colocou na boca de todos os escritores dos livros bíblicos o que escrever.
Passados alguns séculos da era cristã, líderes da igreja foram deixando-o de lado, somente em alguns momentos Ele se manifestava, pois a direção da Igreja deixou de ser Dele, para ser de homens, já que estes homens fizeram de tudo para abafa-lo. Mas Deus começou a reavivar sua igreja, tudo começou com a reforma protestante, ao longo do tempo o pentecostalismo voltou, e cada vez cresce mais, até mesmo a igreja católica começou a dar mais importância e abertura ao Espírito Santo com o movimento carismático.
A compreensão de muitos a cerca do Espírito Santo é muita pequena, muitos acham que Ele é apenas alguém que nos fala para não pecarmos quando estamos sendo tentados. Claro que Ele também faz isso, porém Ele vai além, Ele é nosso consolador, Ele é nosso intercessor.
“E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis.” (Romanos 8:26).
Ele é aquele que busca relacionamento íntimo conosco. “A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo seja com todos vós. Amém. (2ª Coríntios 13:14)
Ele não como um garotinho carente e triste em um canto que você vai lá e faz um carinho, fala umas palavras boas a ele e ta tudo certo, não! Ele é bem mais do que isso, Ele é aquele que quer mudar nossa vida, nossa história, quer preencher nosso vazio, curar nossas feridas da alma, Ele é Deus e estava lá no dia da criação do homem, e não quer que você tenha uma vida comum, mas sim uma vida de realizações, felicidades, amor e paz.
Permita-me dar um exemplo de como o Espírito Santo nos leva a sério e nos valoriza.
Imagine um homem que olha para uma mulher e a deseja, se apaixona, o seu coração arde por ela, e então ele se aproxima, começa a falar com ela, eles passam um tempo na companhia um do outro, até que um dia ele fala que quer ter com ela um relacionamento sério com ela, um compromisso, aumentar a intimidade, terem mais companheirismo, porém ela diz que não quer, e que até gosta da companhia dele, que até gosta de ficar com ele, sair junto de vez enquanto, porém ter relacionamento sério com ele, ela não quer não. E ele fica triste, arrasado, com o coração partido, passa-se um tempo e ele volta e faz a mesma proposta a aquela mulher, porém a resposta dela é a mesma. E este homem, vai-se arrasado e desiste, mas ao atentar que há outra mulher que o olha diferente, e ele pensa que pode está ali à pessoa que dará valor a ele, que pode ser o amor de sua vida, ele vai até ela e quando chega e faz a mesma proposta que fez a mulher anterior, ela diz que sim, que aceitar, ter um relacionamento sério com ele.
Assim também é o Espírito Santo, Ele vem até uma pessoa e se apresenta, começa a falar com ela, busca comunhão com ela, um relacionamento, busca ser seu companheiro e diz: “Me deixe ser seu companheiro, seu Consolador e curar as feridas da sua alma, transformar sua vida, ti dar uma realidade de realizações, deixa eu ti dar dons espirituais, ti usar na obra de Deus, deixa eu ti levar ter experiências sobre naturais, ter vários diálogos profundos com você.” Porém muitas das vezes a pessoa diz: “Não quero não. Eu até gosto da sua presença, eu gosto de quando oro e Você me consola, até gosto de está na igreja, de as vezes falar em línguas estranhas, gosto de um pouco de pentecoste, porém ter um relacionamento sério com Você não quero não, pois terei que Te buscar mais, e quando eu for orar, terei que não só pedir, mas terei que agradecer e principalmente Te ouvir, ser guiado por Ti, e gosto de fazer conforme minha cabeça.”
Mas ai o Espírito Santo ao receber esta negação, Ele fica triste, arrasado, porém por amar a pessoa, Ele tenta novamente, porém, ao receber outra negativa desse tipo de pessoa que só quer ter momentos com Ele, porém não quer ter uma vida com Ele, o Espírito Santo busca outras pessoas, e ao encontrar alguém que está de coração aberto a ter um relacionamento sério com Ele, alguém que não quer só momentos, mas sim uma vida com Deus. Então, o Espírito Santo começa a curar as angústias e dores feitas pela circunstancias da vida, começa a ter grandes diálogos com ela, instruir a pessoa em uma vida de boas escolhas e realizações. 
“Se vivemos em Espírito, andemos também em Espírito.” (Gálatas 5:25)
“Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus esses são filhos de Deus.” (Romanos 8:14)

Além de tudo isso, o Espírito Santo começa a ajudar a pessoa a melhorar o fruto do Espírito, descrito em Gálatas 5:22. O Espírito Santo começa a dar dons a pessoas e usá-las ainda mais na obra de Deus, dons estes descritos em 1ª Coríntios 12: 1 ao 11. Pois o fruto do Espírito é para edificação de nossa vida e os dons são para edificação da igreja (pessoas que compõe o corpo de Cristo).
O Espírito Santo é aquele que nos convence do pecado. "E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo." (João 16:8)
Ele que nos faz ter vontade de buscar a Jesus, o mesmo Jesus que nos religa com Deus Pai, ou seja, é pelo Espírito Santo por quem iniciamos nossa ligação com Deus. O Espírito Santo onipresente, mas também habita em todo cristão.
“Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?” (1ª Coríntios 3:16). Muitas das vezes o Espírito não se sente muito bem conosco porque a Sua casa (nossa vida) está desarrumada por pecados ou más escolhas que não chegam a serem pecados, porém atrapalham o bom andamento de nossas vidas. Porém quando deixamos Ele arrumar nossa vida e também fazemos nossa parte, Ele se sente a vontade para nos usar, nos abençoar, ter mais intimidade conosco e melhor receber nossa adoração, além de trabalhar mais para que adoremos e busquemos mais a Deus.

A Bíblia diz que o Espírito Santo nos enche:
“E, cumprindo-se o dia de Pentecostes, estavam todos concordemente no mesmo lugar;
E de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados.
E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles.
E todos foram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito Santo lhes concedia que falassem.” (Atos 2:1 ao 4)


“E, tendo orado, moveu-se o lugar em que estavam reunidos; e todos foram cheios do Espírito Santo, e anunciavam com ousadia a palavra de Deus.” (Atos 4:31)

“E Zacarias, seu pai, foi cheio do Espírito Santo, e profetizou...” (Lucas 1:67)


Mas a Bíblia também fala que temos que nos encher do Espírito Santo:
“E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito” (Efésios 5:18)
Viram? O texto fala “enchei-vos”, ou seja, nós temos que nos encher Dele.
Enchemos-nos Dele quando aceitamos Jesus como nosso Senhor e salvador, quando lemos a Bíblia, quando oramos, quando nos afastamos do pecado, quando pedimos que Ele nos guie, quando ouvimos a voz Dele para obedecê-lo.
Sendo assim fica claro que ser cheio do Espírito Santo e nos enchermos Dele, é uma via de mão dupla, você O busca e se enche Dele e Ele ti enche, e quanto mais Ele ti encher, mais você se encha Dele.
Nossa vida não é melhor porque ouvimos pouco ao Espírito Santo, damos pouco espaço a Ele, não deixamos Ele dirigir completamente nossas vidas. Assim também é com nossas igrejas, não estão cheias como poderiam porque não são guiadas pelo Espírito Santo como deveriam ser, muitos líderes preferem suas ideologias à vontade do Espírito Santo, pois é Ele que nos revela a vontade de Jesus Cristo para a igreja, já que Jesus é o cabeça da igreja.
Muitos milagres não acontecem mais nas ruas e nas igrejas por buscarmos pouco a intimidade com o Espírito Santo, por ouvirmos pouco o que Ele tem a nos dizer, por negligenciarmos e/ou não buscarmos os dons espirituais e o mover do Espírito Santo.
Lembre-se, Ele é sentimental, Ele quer intimidade, Ele quer relacionamento, Ele quer adoradores de verdade, Ele quer nos levar mais além. Precisamos busca-lo a cada dia, e cada vez mais vivermos este romance com Ele, nesta viagem sem volta rumo ao sobrenatural de Deus.

Escrito por Luis Roldan.

2 comentários:

  1. Irmão, não concordo que o Espírito Santo seja o mais sentimental, que se rejeitamos ele fica arrasadão, isso não tem boas Bíblica... É lógico que quando pecamos ele se entriste, pois está aqui na terra para cuidar de nós, e quando entristecemos Ele, estamos entristecendo Deus Pai e Deus Filho, pois eles são o mesmo ser. Cuidado ao ficar afirmando coisas sem base bíblica, é perigoso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A paz irmão ou irmã, ja que não se identificou.o Espírito Santo tem sentimentos, inclusive pode ficar triste sim, pois a Bíblia diz isso.
      Ele é Deus, e Deus é amor e nos ama. Claro que Ele fica triste quando alguém não o quer, pois a vontade de Deus é que nenhum se perca.
      Então não entendi seu apontamento em dizer que disse isso sem base bíblica.

      Excluir