17 de dezembro de 2011

O PAPEL DE CADA UM NA TRINDADE

“A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo seja com todos vós. Amém.
(2ª Coríntios 13:14)

Vimos à cima o texto especificar bem que cada Um tem um papel destinto do outro na Trindade.  Apesar de Deus ser um ser uno, Ele também é um ser trino, ou seja, composto de três pessoas, mesmo estas três pessoas compondo Um só.

Vou falar primeiro de Deus Pai:
Ele é a fonte de amor. “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.
(João 3:16)
Na trindade o amor vem de Deus pai, não que as outras 2 pessoas não amem, mas a fonte é Deus Pai.
A glória deve ir pra Ele: “E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho.”
(João 14: 13)
Os 3 devem ser glorificado, porém Deus Filho e o Espírito Santo não buscam glória, Eles a transferem para o Pai.
O Pai é o que comanda a trindade, sendo que nenhum se opõe ao outro, porém é o Pai que dá as ordens.
“E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra.”
(Gênesis 1: 26)
Foi Deus Pai que determinou no meio de uma conferência entre a Trindade que Eles fariam o homem.

Deus Filho:
Deus Filho, nosso Senhor Jesus Cristo, tem o papel da graça, Ele aceitou prontamente, desde quando Deus Pai disse que de uma mulher nasceria Aquele que pisaria na cabeça da serpente, Jesus já estava pronto e largar sua glória nos céus, vir a Terra, morrer e ressuscitar por todos nós.
Jesus é aquele que executa as ordens do Pai, a maioria somente com o poder de Sua própria palavra, veja:
No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.
Ele estava no princípio com Deus.
Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez.
Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens.” 
(João 1:1 ao 4)
“E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade.
(João 1:14)
Podemos ver no capítulo 1 de Gênesis que Deus criou quase tudo só pela sua Palavra, menos o homem e a mulher, pois estes foram criados pelas próprias mãos da Trindade. Lembrando que a Palavra é Jesus, a final isso fica claro no evangelho de João capítulo 1.

A Jesus foi dado todo o poder e autoridade:
“Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome;
Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra,
E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai.” 
(Filipenses 2: 9 ao 11)
Jesus tem autoridade e poder, pelo seu nome, podemos expulsar demônios, curar enfermos.
Ele é nosso mediador com o Pai:
“Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem.
(1ª Timóteo 2:5)
Ele é digno de toda honra, glória e louvor.

Espírito Santo:
O Espírito Santo é a terceira pessoa da Trindade, porém não é inferior a nenhum dos outros dois, é tão Deus quando o Pai e a Jesus, mas infelizmente muitos cristãos não observam tal coisa.
O Espírito Santo tem várias funções, as quais veremos agora:
É nosso consolador e nos faz lembrar a Palavra de Deus:
Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito.” 
(João 14:26)
Ele que nos convence do pecado, nos faz praticar a justiça e sermos justos perante Deus Pai. Ele também é o que nos move a seguir a Cristo:
“Todavia digo-vos a verdade, que vos convém que eu vá; porque, se eu não for, o Consolador não virá a vós; mas, quando eu for, vo-lo enviarei.
E, quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo.” 
(João 16:7 e 8)
Ele é nosso intercessor:
"E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis."
(Romanos 8:26)
Com Ele que Jesus nos batiza e nos faz ter experiências transcendentais, sendo movidos pelo Espírito Santo:
Respondeu João a todos, dizendo: Eu, na verdade, batizo-vos com água, mas eis que vem aquele que é mais poderoso do que eu, do qual não sou digno de desatar a correia das sandálias; esse vos batizará com o Espírito Santo e com fogo.”
(Lucas 3: 16)
Sendo assim, é o Espírito Santo que nos faz falar em línguas, nos move no culto.
E, cumprindo-se o dia de Pentecostes, estavam todos concordemente no mesmo lugar;
E de repente veio do céu um som, como de um vento veemente e impetuoso, e encheu toda a casa em que estavam assentados.
E foram vistas por eles línguas repartidas, como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles.
 (Atos 2:1 a 4)
Ele é o que nos dá dons espirituais:
“Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo.
E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo.
E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos.
Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um, para o que for útil.
Porque a um pelo Espírito é dada a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência;
E a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar;
E a outro a operação de maravilhas; e a outro a profecia; e a outro o dom de discernir os espíritos; e a outro a variedade de línguas; e a outro a interpretação das línguas.
Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer.
Porque, assim como o corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, são um só corpo, assim é Cristo também.
Pois todos nós fomos batizados em um Espírito, formando um corpo, quer judeus, quer gregos, quer servos, quer livres, e todos temos bebido de um Espírito.
(1ª Coríntios 12:4 ao 13)

É o Espírito Santo que nos transmiti falando ao nosso coração, nosso espírito ou até mesmo com a voz mansa Dele, a vontade de Deus Pai.
Ele quer relacionamento conosco:
“... e a comunhão do Espírito Santo seja com todos vós. Amém.
(2ª Coríntios 13 : 14)
Comunhão quer dizer relacionamento, Ele quer um relacionamento íntimo conosco, isso se dá pela busca de uma vida em santidade, ler e praticar a Palavra de Deus, oração, e deixar Ele agira em nós e por meio de nós, que é o que chamamos de “dá lugar ao Espírito Santo”.

Os 3 agindo como um:
Quando a trindade age como um ser uno, tudo fica bem encaixado no seu agir, cada qual com sua função. É um trabalho perfeito em equipe.
O Pai ordena, Jesus executa e o Espírito Santo é o poder que faz tal coisa acontecer.
Assim foi o Espírito Santo que fez os ossos reviverem e se tornarem um exercito no vale dos ossos secos, conforme esta no livro de Ezequiel, foi o Espírito Santo também que veio como vento impetuoso em Atos capítulo 2. Assim como também foi Ele que desceu sobre Jesus para que o mesmo fosse guiado pelo Espírito Santo a obedecer ao Pai e também para realizar milagres, apesar de Jesus ser Deus e ter autoridade pra isso, Ele precisava do poder, que é o Espírito Santo.

Para terminar, vale lembrar que os 3 habitam em nós que aceitamos a Jesus como nosso único Senhor e Salvador e assim servimos a Deus:
Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?”
(1ª Coríntios 6: 19)
Já que São um ser uno, os 3 habitam em nós, seus servos.

Escrito por Luis Roldan.

7 comentários:

  1. Quando você fala das funções, as vezes confunde com atributos. Se puder deixar isso mais claro, separando as funções de atributos, ficará mais fácil de entender.

    ResponderExcluir
  2. O vale d ossos secos, não foi uma visão espiritual?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. foi sim, uma visão espiritual onde os ossos representava a nação de israel morta espiritualmente e o levante dos ossos, se tornando homens completamente vivos, representa israel sendo avivados espiritualmente e retornando a sua terra após o exílio babilônico.

      Excluir
  3. O vale d ossos secos, não foi uma visão espiritual?

    ResponderExcluir
  4. algo forte sempre é bom poder crescer na graça e no conhecimento grato a Deus pela sua vida que o nome dele possa continuar sendo glorificado e exaltado ...

    ResponderExcluir
  5. Maravilhosa explanação sobre este assunto tão maravilhoso e tão pouco compreendido por muitos. Parabéns q Deus continue te iluminando!

    ResponderExcluir
  6. Muito interessante e de muito valor mais poderia me explicar os atributos, achei muito maravilhoso mais gostaria de aprofundar mais no assunto.

    ResponderExcluir